O XVII Seminário Internacional de Blueberries em Sevilha acontece com grande expectativa

O XVII Seminário Internacional de Sevilha acontece com uma audiência muito concentrada nas conversas dos relatores, que decorre no Hotel Meliá Lebreros em Sevilha.

O responsável pela abertura do encontro foi o pesquisador chileno Jorge Retamales, que ampliou detalhadamente os conceitos fisiológicos na produção de mirtilos, abordando aspectos como o sombreamento no crescimento e produção da planta, a coordenação do crescimento aéreo. radical da cultura, e considerações específicas para a sua gestão.

Os participantes estavam muito interessados ​​no conhecimento compartilhado pelos pesquisadores e especialistas, destacando a interessante palestra de Jeffrey G. Williamson, da Universidade da Flórida, que falou sobre o manejo de blueberries de baixa demanda na Flórida, contemplando a aspectos de poda e características necessárias nas novas variedades, e o uso de porta-enxertos, obtendo grande interesse dos auxiliares. 

O encontro após o intervalo continua focado nos temas apresentados pelos palestrantes e terá como foco a nutrição das culturas, começando pelos conceitos apresentados pelo pesquisador chileno do INIA, Juan Hirzel, que se concentra no tema das ferramentas nutricionais para a obtenção de frutas de qualidade e depois o palestra do renomado acadêmico e pesquisador Gerard W. Krewer, da Universidade da Geórgia, que fala sobre nutrição orgânica e convencional na produção de mirtilos "caducifólios e perenes".

Notavelmente, Dr. Gerad W. Krewer foi reconhecido pela Universidade da Geórgia, lançando uma variedade de blueberries em sua homenagem e nomeando-o "Krewer", por reconhecer que o pesquisador tem sido "uma parte vital do estabelecimento precoce e crescimento explosivo". da indústria de mirtilo na Geórgia desde meados do século XIX e porque seu legado de serviço à indústria durará por muitos anos e é digno de honra e emulação ".

 

fonte
Martín Carrillo O. - Consultoria Blueberries

Artigo anterior

próximo artigo

POSTAGENS RELACIONADAS

Produtores de mirtilo do Zimbábue buscam acesso ao mercado chinês
A indústria de frutas vermelhas no México continua a crescer apesar dos desafios
Revolucionando a irrigação hidropônica de frutas silvestres – a solução 3 em 1