O mirtilo é a estrela do Macfrut 2023 que acontece esta semana na Itália

O encontro é composto por três dias com os principais especialistas técnicos e científicos internacionais, juntamente com importantes players mundiais na produção e mercado global de mirtilos.

Esta semana acontece na Itália a 40ª edição da Macfrut, importante feira internacional do setor de frutas e verduras. O encontro acontece nas instalações do Rimini Expo Center de 2 a 5 de maio, e em seu programa os mirtilos não serão apenas a fruta simbólica da edição de 2023, mas também a estrela do evento, desde os Dias Internacionais do Mirtilo.

O encontro é composto por três dias com os principais especialistas técnicos e científicos internacionais, juntamente com importantes players globais, como Driscoll's, um dos principais produtores de viveiros e frutas, e o australiano Costa Group, um dos principais criadores e produtores de mirtilos.

Benchmark mundial

A Macfrut é a única feira da cadeia de suprimentos para profissionais do setor de frutas e hortaliças, com forte foco em negócios e também em outros conteúdos técnicos de safras, por isso pretende se tornar uma referência mundial no setor.

O evento é possível graças a um projeto cofinanciado pelo Ministério Italiano de Relações Exteriores e Cooperação Internacional (MAECI), e lança as bases para um avanço, pois será uma feira maior, com dois novos pavilhões de exposição, também tem forte crescimento internacional com 30% de profissionais estrangeiros e 30 apresentações internacionais, e terá mais conteúdo, incluindo sessões conduzidas por especialistas da área, para garantir um alto nível de conhecimento e olhar para as tendências futuras.

O encontro é coordenado pelo Professor Bruno Mezzetti da Marche Polytechnic University, juntamente com Thomas Drahorad da NCX Drahorad, e será complementado por visitas técnicas a um campo de testes e formação avançada.

Muitas novidades estão previstas para esta 40ª edição, como o International Blueberry Days, que será dedicado aos principais formadores de opinião da cadeia produtiva do mirtilo.

O genético

Outra novidade é a Feira Internacional de Viveiros e Inovação Varietal, que servirá como ponto de encontro especializado para viveiros, melhoristas, produtores, especialistas e pesquisadores que atuam em um campo estratégico para o desenvolvimento da fruticultura moderna. Neste aspecto a exposição será interessante O programa global de criação e genética de mirtilo da Driscoll, por Jim Olmstead, da Driscoll's (EUA).

Abrindo a conferência, na terça-feira, 2 de maio, é realizada em Ancona a “Escola Blueberry”, reservada a pesquisadores e técnicos.

simpósio mundial

Na quarta-feira, 3 de maio, acontecerá o “Blueberry Symposium”, que abordará questões científicas importantes para a indústria e cultivo, como genética, viveiros, nutrição, técnicas de cultivo e propagação e biomédica qualitativa, nutricional e de cranberry.

Nesta conferência, essencialmente científica e técnica, que será dirigida e moderada pelo Dr. Bruno Mezzetti, apresentará Jorge Esquivel Manterola, Diretor de Consultoria Blueberries, que desenvolverá o trabalho: Características de plantas de mirtilo adaptadas a diferentes condições edafoclimáticas.

atores principais

Neste dia de quarta-feira, para além dos aspetos técnicos do cultivo, será também possível conhecer parte da realidade do cultivo em Portugal, com a palestra Produção de mirtilos em Portugal, que será ditada por Pedro Brás de Oliveira, do Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária, ou da China, através da apresentação Cultivo de mirtilo na China, apresentado por Cheng Liu, da Academia de Ciências Agrícolas de Liaoning (LAAS).

Também será possível conhecer a situação geral da Europa, com a exposição Programa de melhoramento de mirtilos na FEM: uma abordagem integrada para inovar através de novas variedades para o Norte e Sul da Europa, apresentados por Lara Giongo, da Fondazione Edmund Mach (IT), entre muitos outros, que incluem apresentações sobre vários aspectos do cultivo na Turquia, Polónia, Austrália, Hungria ou Itália, como anfitrião dos diferentes oradores internacionais que irão participar com os seus apresentações.

Na quinta-feira, 4 de maio, os diferentes players da indústria global de mirtilo estarão focados nas tendências de mercado e produção, envolvendo os principais produtores e exportadores mundiais.

Por fim, na sexta-feira, 5 de maio, será instalado um “campo de mirtilos” dentro da feira Macfrut, para visitas técnicas conduzidas por especialistas.

fonte
Consultoria Blueberries

Artigo anterior

próximo artigo

POSTAGENS RELACIONADAS

As geadas devastadoras causam perdas significativas de mirtilos nos U...
Sonho azul: Ucrânia bate recorde histórico de exportação de mirtilo...
José Antonio Gómez-Bazán, CEO da Camposol: qual o segredo do sucesso...