Enorme aumento na exportação de “bagas” marroquinas

Durante a temporada 2014-2015, a produção total de bagas (morango, framboesa, mirtilo) foi aumentada em 6% em relação ao ano anterior, até atingir 160.000 toneladas (os 97% dos quais são morangos). O faturamento foi de 1.500 milhões de dirhams e quase 90% dos frutos são destinados à exportação.

Nos últimos anos, o setor tem tido um desenvolvimento contínuo no norte de Marrocos, onde plantações atinge hectares 4.900 (85% dos que se destina a morango, 10% para Boldo e 5% a morango). Estas pequenas frutas são muito lucrativas e estão em alta demanda nos mercados europeu e americano. O setor conseguiu se expandir graças à proximidade dos mercados europeus, a um clima favorável e à disponibilidade de terra, água e mão-de-obra qualificada, além de incentivos ao investimento.

Muitas empresas europeias estabeleceram-se em Marrocos, o que contribuiu para o desenvolvimento do sector e permitiu-lhes adquirir novas técnicas inovadoras (irrigação, etc.).

2008 e 2015 entre, exportações framboesa quadruplicou (a partir de 949 3.974 toneladas de toneladas) e mirtilos multiplicado por 28 (de 139 3.895 toneladas toneladas). O 95% do volume exportado de Marrocos vai para o mercado europeu (a 88% é destinada a apenas três países: o 35% para a Espanha, o 33% para a França e o 20% para o Reino Unido). Praticamente todos bagas que o Marrocos exporta são certificados EurepGAP e a maioria de suas fábricas de embalagens e unidades de resfriamento são certificados HACCP. As estruturas atendem aos padrões técnicos dos mais exigentes mercados europeus ou americanos.

 

Fonte: Freshplaza.es

Artigo anterior

próximo artigo

POSTAGENS RELACIONADAS

Em julho, a FAO México conclui estudo de zoneamento agroecológico em J...
Professor Bruno Mezzetti estará na Blueberry Arena na Macfrut 2024
“França e Bélgica permanecem territórios inexplorados para...