Europa: O camião reforça-se como principal meio de transporte ao movimentar 95,5% das exportações de frutas e legumes

Um total de 10,8 milhões de toneladas de frutas e vegetais frescos foram exportados por caminhão em 2023, o que representa 95,5% do total enviado ao exterior naquele ano, que somou 11,3 milhões de toneladas, reforçando-se como principal meio de transporte utilizado no setor, há cinco anos, em 2019, representava 94%.

A longa distância do camião, segundo meio de transporte utilizado para a exportação espanhola de frutas e verduras frescas é o navio, com 471.465 toneladas, representando 4,1% do total. Os embarques por navio registraram queda nos últimos cinco anos; Em 2019, foram embarcadas 724.196 toneladas por navio, 5,3% do total, que somou 13,6 milhões de toneladas.

Em 2023, foram exportadas também 10.373 toneladas de frutas e vegetais frescos por via ferroviária e 10.650 toneladas por avião, segundo dados do Departamento de Alfândegas e Impostos Especiais, processados ​​pelo Federação Espanhola de Associações de Produtores e Exportadores de Frutas, Legumes, Flores e Plantas Vivas (FEPEX), bem como 2.340 toneladas para tráfego postal.

Artigo anterior

próximo artigo

POSTAGENS RELACIONADAS

Produtores de mirtilo do Zimbábue buscam acesso ao mercado chinês
A indústria de frutas vermelhas no México continua a crescer apesar dos desafios
Revolucionando a irrigação hidropônica de frutas silvestres – a solução 3 em 1