Quase no final da temporada 2021/2022

Exportações peruanas de mirtilos frescos somam 218.823 toneladas por US$ 1.307 milhões

O mirtilo peruano chegou a 39 países ao redor do mundo na recente campanha. No entanto, dois deles têm sido os principais: os Estados Unidos e a Holanda.

A campanha de exportação de mirtilo, que decorre de junho a maio, mantém-se positiva desde 2019/2020. Mesmo durante a pandemia, na campanha 2020/2021, os embarques continuaram subindo, exportando 166.943 toneladas por US$ 1.022 milhões, 40% a mais em volume e 32% a mais em valor que a campanha anterior.

Da mesma forma, até agora na campanha 2021/2022, que está prestes a terminar, o Peru embarcou 218.823 toneladas por US$ 1.307 milhões, o que significou 31% a mais em volume e 28% a mais em valor.

O mirtilo peruano chegou a 39 países ao redor do mundo na recente campanha. No entanto, dois deles têm sido os principais: os Estados Unidos e a Holanda.

Na campanha 2021/2022, foram embarcadas para os Estados Unidos 121.203 toneladas no valor de US$ 715 milhões, 35% a mais em volume e 31% a mais em valor que a campanha anterior. Este país tem sido o destino preferido nos últimos três anos, com uma participação de 55% (mais dois pontos percentuais do que na campanha 2020/2021). Sendo o maior comprador da fruta peruana, o preço cotado foi de US$ 5.90 por quilo (3% menos que na temporada passada).

Os principais compradores de mirtilos peruanos nos Estados Unidos foram Hortifrut Imports Inc., com 21% de participação; Camposol Fresh USA Inc., com 17%; e Alpine Fresh USA Inc., com 7%. Quanto às empresas peruanas que exportaram para o mercado norte-americano, destacaram-se HortiFrut-Peru SAC, com 19% de participação; Camposol SA, com 18%; e Agrícola Cerro Prieto SA, com 8%.

Por outro lado, o Peru exportou 50.849 toneladas para a Holanda por US$ 300 milhões, 15% a mais em volume e 18% a mais em valor que a campanha anterior. Este país manteve o segundo lugar na lista de destinos favoritos nos últimos três anos, com uma participação de 23% (mais dois pontos percentuais do que na campanha 2020/2021). O preço pelo qual essa fruta foi cotada foi de US$ 5.90 o quilo (2% a mais que na temporada passada), atingindo o mesmo preço oferecido aos americanos.

Os principais compradores de mirtilo na Holanda foram Camposol Fresh BV, com 16% de participação; Driscoll's of Europe BV com 7%; e Ogl Food Trade GmbH., com 6%. Quanto às empresas peruanas que exportaram para o mercado holandês, destacou-se a Camposol SA, com 19% de participação; Complexo Agroindustrial Beta SA, com 11%; e Agrovisión Perú SAC, com 8%.

Artigo anterior

próximo artigo

POSTAGENS RELACIONADAS

Ranking das dez principais empresas agroexportadoras peruanas

Felipe Silva é reeleito presidente do Comitê Chileno de Mirtilo...

Um novo design de colmeia pode ajudar a impedir a extinção de ...