México: Cranberry consegue exportar

O cranberry cultivado no México 'agarra cor' e é vendido como bolos quentes nos mercados de exportação.

Em 2013, as exportações relataram 41.950.000 dólares, mas em 2014 o valor foi de até 83.203.000 dólares.

As altas taxas se devem ao aumento da área cultivada que permitiu as condições climáticas do país, já que entre a 2013 e 2014 aumentou cerca de 40 por cento, disse Mario Andrade, presidente do conselho de administração da Associação Nacional dos Exportadores de Frutas (Aneberries). ).

Ele disse que, no que diz respeito à 2015, o cultivo de cranberry conseguiu uma taxa de crescimento entre 20 e 25 por cento.

Atualmente existem cerca de 3.000 hectares destinados à fruta, da 500 com a qual, na 2010, a presença desta cultura começou no país.

O México tornou-se um concorrente para suprir a demanda dos Estados Unidos, antes alimentados por sua própria produção e importações do Canadá, tanto que cerca de 90 por cento da produção nacional é exportada para o país vizinho do norte.

Para iniciar a produção de cranberry no México, as técnicas utilizadas no Chile e nos Estados Unidos foram adaptadas.

A produção de cranberry tem uma lucratividade considerável, já que traz retornos de até 50 por cento do investimento, explicou.

Os estados em que o cranberry é atualmente produzido e que de alguma forma tem sido a ponta de lança do desenvolvimento deste no país são Jalisco, Michoacán, México, Puebla, Baja California e Colima.

 

Fonte: Ntrzacatecas.com

 

Artigo anterior

próximo artigo

POSTAGENS RELACIONADAS

Onubafruit, o primeiro produtor de bagas em Espanha embora reduza 11%...
Grande participação da indústria no Fall Creek Field & Forum em G...
Agroexportadores pedem estabilidade política e social, segurança e infraestrutura...