México e China assinam acordo para começar a exportar mirtilos

Mais de 40 mil toneladas podem ser exportadas, para que os produtores mexicanos aumentem sua renda.

O México começará com a exportação de mirtilos para a China, de acordo com acordos assinados nesta última quarta-feira entre as autoridades agrícolas dos dois países.

A exportação desta fruta terá início na modalidade terrestre - marítima, conforme acordado pelo Secretário de Agricultura e Desenvolvimento Rural e pela Administração Geral das Alfândegas da República Popular da China (AGA) que assinou o acordo de procedimento para o seu embarque.

O diretor-chefe do Serviço Nacional de Saúde, Segurança e Qualidade Agroalimentar (Senasica), Francisco Javier Trujillo Arriaga, presidente do acordo, participou da assinatura do acordo. Conselho Nacional de Agricultura (CNA), Bosco de la Vega Valladolid, o Diretor de Relações Internacionais do Ministério da Agricultura, Fernando Valderrábano Pesquera, e o diretor de Comércio Exterior da CNA, Norberto Valencia Ugalde.

Por seu lado, a delegação do país asiático participou do diretor do Escritório de Luta Contra o Contrabando, Sun Zhijie, vice-diretor geral do Departamento de Quarentena de Animais e Plantas, Wang Yiyu, diretor da Divisão de Assuntos Americanos e Africanos da Departamento de Cooperação Internacional, Fan Leilei e vice-diretor do Escritório de Assuntos Gerais, Kan Hao

Victor Villalobos Arámbula, secretário da AGA, afirmou que as relações do setor agrícola de ambos os países foram fortalecidas no último ano. O México tenta estabelecer uma comunicação direta com o país asiático e compartilhar sua visão sobre alimentos e alternativas sustentáveis.

Durante o 2018, o México cultiva mais de 40 mil toneladas, tornando-se o quarto produtor mundial mirtilos. Além disso, eles conseguem exportar para mais de países do 32, incluindo: Hong Kong, Itália, Japão, Canadá, Cingapura, Bélgica, Reino Unido e Estados Unidos.

fonte
LaRepublica.pe

Artigo anterior

próximo artigo

POSTAGENS RELACIONADAS

A agricultura regenerativa deve crescer ou morrer

A produção mexicana de mirtilo ultrapassa 50.000 toneladas

Chile: Humboldt Shipping Union anuncia greve de Arica a Punta Arenas