Unimo-nos ao luto pela partida de um professor e pioneiro no mundo das frutas...

Da Blueberries Consulting nos unimos à dor de sua família, da comunidade acadêmica e do mundo da fruticultura em geral, pelo falecimento do acadêmico Luis Antonio Lizana Malinconi, que era reitor da Faculdade de Ciências Agrárias e professor emérito da Universidade do Chile e pioneiro no trabalho agronômico com frutas, entre outros marcos de sua carreira.

Luis Antonio Lizana Malinconi, nascido em 23 de julho de 1938, foi um agrônomo chileno, fundador e primeiro diretor do Centro de Pós-Colheita da Universidade do Chile. Em sua vida foi muito premiado e obteve diversos reconhecimentos, tais como:

  • Prêmio de Atividade Científica, concedido pelo Colégio de Engenheiros Agrônomos do Chile (Prêmio Carlos Porter, 1989)
  • Prêmio Mérito Agronômico, concedido pela Sociedade Agronómica Chilena (1995)
  • Prêmio em Reconhecimento por Contribuições à Ciência e Tecnologia Pós-colheita na América Latina, concedido pela Universidade de Querétaro (México, 1995)
  • Prêmio em Reconhecimento por Contribuições em Pós-Colheita de Frutas e Hortaliças na Ibero-América, Associação Ibero-Americana de Tecnologia Pós-Colheita (2002)
  • Medalha Nacional Agrícola IICA, Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura e Ministério da Agricultura do Chile (2004)
  • Medalha de Mérito Acadêmico Reitor Ruy Barbosa, Faculdade de Ciências Agrárias, Universidade do Chile (2005)
  • Placa de Reconhecimento por sua "corajosa e dedicada contribuição ao ISTH, como membro ativo, membro do conselho de administração e principalmente como editor das Memórias", ISTH, Sociedade Interamericana de Horticultura Tropical (2010)
  • Golden Spike Award para carreira profissional, College of Agricultural Engineers (2010)

Sua vida profissional também foi abundante e bem-sucedida:

Em 1962 graduou-se como Engenheiro Agrônomo, Menção em Fruticultura. Mais tarde, ele recebeu uma bolsa de estudos do Integral Institute of Education e da Fundação Emery H. Powell, obteve o Mestrado em Horticultura, especializando-se em pós-colheita na Washington State University (Pullman) em junho de 1965.

Posteriormente, ele recebeu uma bolsa da UNESCO e do Conselho Superior Espanhol de Pesquisa Científica, completou um Diploma de Pós-Graduação em Fisiologia Vegetal na Universidade de Granada em 1966. Em 1975, a Universidade da Califórnia Davis concedeu-lhe o grau de Doutor Filosófico em Botânica. O seu primeiro trabalho profissional foi feito em 1962 no Departamento de Fruticultura do Ministério da Agricultura na Quinta Normal. Entre 1966 e 1970, participou da “U. de Chile-U. de California”, como a contraparte em fruticultura dos 11 especialistas da Universidade da Califórnia. Realizou estudos de doutorado nos Estados Unidos entre 1970 e 1974. Em 1975 foi nomeado diretor do Departamento de Produção Agrícola da Faculdade de Ciências Agrárias e Florestais da Universidade do Chile, exercendo-o até 1980.

Foi idealizador e diretor do Centro de Estudos Pós-Colheita (CEPOC). Além disso, organizou cinco Simpósios Integrais de Manejo, Qualidade e Fisiologia Pós-Colheita de Frutas, patrocinados pelo FONDEF, RITEP (Rede Ibero-Americana de Tecnologia Pós-Colheita), FEDEFRUTA, FAO e a Sociedade Agronómica Chilena (SACH). Em 1978, como presidente da SACH, transformou as "Jornadas Agronômicas" em um "Congresso Anual". Além disso, reformou a apresentação dos trabalhos e renovou a revista Simiente. Em 1979 organizou a primeira reunião abrangente do Congresso Agrícola Chileno, com a Sociedade Americana de Ciências Hortícolas ASHS, Região Tropical. Entre 1980 e 1985, a Dra. Lizana foi convidada a ingressar na Faculdade de Agronomia da Pontifícia Universidade Católica do Chile (PUC), para desenvolver o Laboratório de Pós-colheita, iniciando assim uma pesquisa sistemática nesta disciplina naquela Universidade. Em 1986, ele voltou para a Universidade do Chile, que é sua alma Máter. Entre 1979 e 1980, foi presidente da American Society for Horticultural Science, Tropical Region. Por outro lado, entre 1990 e 1991 foi presidente da IA ​​American Society for Tropical Horticulture IASTH. Da mesma forma, entre 1979 e 1982, foi Consultor como Especialista em Frutas para os Projetos de Viabilidade da Comissão Nacional de Irrigação da CNR nos vales de: Mataquito (1978), Aconcagua, Ligua e Petorca (1979-82) e Vallenar (1982). ), entre outras consultorias nacionais e internacionais. Entre 1995-2002, a Dra. Lizana foi contratada como Conselheira de Horticultura e Conselheira de Pós-colheita para o Projeto ATUT, Utilização e Transferência de Tecnologia Agrícola, financiado pela USAID-Governo do Egito. Como resultado, planejou e dirigiu 7 Viagens de Treinamento para Técnicos, Agricultores e Exportadores de Uvas de Mesa Egípcias ao Chile.

De qualquer forma, nenhuma crítica poderá interpretar com segurança a grande contribuição da Dra. Lizana para a academia e para o mundo da fruticultura moderna e profissional. Da Blueberries Consulting reiteramos as nossas condolências principalmente à sua família e também à comunidade académica que o acolheu e ao mundo da fruticultura em geral.

fonte
Consultoria Blueberries

Artigo anterior

próximo artigo

POSTAGENS RELACIONADAS

Exportação de cerejas chilenas quase triplica em janeiro de 2024: China...
A temporada de mirtilo marroquino avança em duas velocidades
Onubafruit, o primeiro produtor de bagas em Espanha embora reduza 11%...