Peru é o sétimo fornecedor de frutas para a China entre janeiro-abril de 2021, participando com 2% do total

Entre janeiro e abril de 2021, as exportações peruanas de frutas para a China somaram US $ 172 milhões, com aumento de 17% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Durante os primeiros quatro meses de 2021, as importações de frutas da China totalizaram US $ 5.349 milhões, apresentando aumento em relação ao mesmo período do ano anterior.

Do total importado, Millones R $ 172 foram importados do Peru, registrando um Aumento de 17% em comparação com janeiro-abril de 2020.

Apesar desse crescimento, o Peru caiu uma posição no ranking de fornecedores e se posicionou como o XNUMXº fornecedor de frutas na China, com 2% de participação (semelhante ao ano anterior). O país que ultrapassou o Peru no ranking foi Estados Unidoso que aumentou sua participação de 1.40% para 2.30%.

Os principais produtos peruanos importados pela China nos primeiros quatro meses do ano foram uvas, com 79% de participação (7 pontos percentuais a menos); a mirtilo, com 12% de participação (3 pontos percentuais a mais); abacate, com 7% (3 pontos percentuais a mais); e manga, com 1% (1 ponto percentual a menos).

Além desses produtos, um dos mais destacados foi a mandarim peruana, cujas aquisições passaram de menos de US $ 1.000 a quase US $ 1 milhão.

Neste destino, principais compradores das frutas peruanas foram Shenzhen Oheng Import & Export Co. Ltd., com 12% de participação, e Shenzhen Harvest-Time Imp. & Exp. Co. Ltd., com 9%.

Artigo anterior

próximo artigo

POSTAGENS RELACIONADAS

Driscoll's concorda com os termos da aquisição da Berry Gardens

Análise do panorama mundial da produção de mirtilo

Paula del Valle analisará as variedades do Peru e seu post...