Espanha: Previsão de queda entre 10% - 15% na produção de frutos com pedra

O Ministério da Agricultura, Pescas e Alimentação convocou, quinta-feira, uma nova reunião de seguimento da campanha das frutas de caroço, presidida pelo Director Geral de Produção Agrícola e Mercados, Esperanza Orellana, na qual foi reiterado que um menor produção que na última campanha, situou-se em torno de um 10% -15%, com uma queda mais acentuada de ameixa e aumento para o damasco.

Na reunião, reiterou-se que a primeira parte da campanha foi caracterizada pelas condições climáticas excepcionais deste ano, com um longo inverno e primavera úmida e fria, o que levou à diminuição genérica da produção.

Também foi relatado que a campanha foi quase concluída nas primeiras zonas, a entrada em produção do Vale do Ebro ocorreu com um escalonamento correto, não afetando o mercado para não coincidir com outras áreas de produção, de acordo com o Ministério da Agricultura, que Também assinala em seu comunicado de imprensa que se apreciou que, à medida que a campanha progrediu, a entrada de variedades de estação média melhorou a qualidade dos produtos.

Quanto às contribuições, o ministério informa que, em termos gerais, são maiores do que na temporada passada. No entanto, os preços foram especialmente baixos nos casos em que o clima teve um impacto maior na qualidade, especialmente no caso da Extremadura.

A reunião contou com a presença de representantes de organizações agrícolas e setoriais, incluindo a FEPEX e suas associações do setor de frutas de caroço, representantes da indústria de processamento e distribuição.

fonte
FreshPlaza

Artigo anterior

próximo artigo

POSTAGENS RELACIONADAS

Exportadores de frutas destacam importância da tecnologia para o...
O Uzbequistão aumenta as importações de framboesas para congelamento do T...
Importantes pesquisadores e especialistas estarão no encontro de...